Ecoturismo em Bombinhas: trilhas da cidade

Bombinhas é a menor cidade de Santa Catarina, com apenas 36,6 quilômetros quadrados. Mas o que ela tem de pequena, também tem de destaque em preservação da natureza. Cerca de 70% do município é área de preservação ambiental, fazendo das belezas naturais um grande atrativo da praia.

Por isso, o ecoturismo em Bombinhas recebe cada vez mais investimento e pode ser aproveitado tanto na alta temporada, quanto nos períodos com menor fluxo de pessoas.

Bombinhas possui 39 praias, sendo 26 de fácil acesso e as outras 13 só é possível acessar por meio de trilhas ou embarcações. Assim, a cidade investe em opções como mergulho, na pesca e, principalmente, em passeios ecológicos que podem ser feitos através das trilhas das praias da cidade.

Com tanta natureza e espaços de matas fechadas, as trilhas são compostas belas paisagens e também por mirantes, onde você pode fazer belas fotos e compartilhar com seus amigos. Além disso, existem trilhas abertas aos visitantes que são totalmente demarcadas, garantido a segurança dos visitantes, além de possuírem guias que podem ser contratados no local.

Além de aproveitar para fazer trilhas e entrar em contato com a natureza, o ecoturismo em Bombinhas também pode ser aproveitado com lugares para mergulho e para conhecer a fauna e a flora da praia. Existem reservas com uma grande biodiversidade de espécies, sendo possível observar garoupas, meros, polvos, arraias, lulas, vieiras, lagostas, tartarugas, golfinhos, pinguins e até baleias. 

A Zart Imóveis vai te apresentar as melhores trilhas para praticar ecoturismo, confira!

Conheça as trilhas de ecoturismo em Bombinhas

Morro do Macaco

A trilha para o Morro do Macaco é um dos principais pontos turísticos de Bombinhas. Localizada na praia de Canto Grande, ela pode ser feita em aproximadamente quarenta minutos. Durante a caminhada, você pode aproveitar a vista panorâmica do município e também apreciar as belezas da Reserva Biológica Marinha do Arvoredo e as enseadas de Zimbros e Mariscal. O Morro, que fica em uma área de conservação, tem 191 metros de altitude e para fazer esse passeio não é necessário o acompanhamento de guia. Quem quiser apreciar este passeio, também vai ver durante o percurso a beleza das orquídeas na vegetação.

Trilha das Praias Desertas

Esta é a trilha mais estruturada das opções de ecoturismo em Bombinhas. O trajeto completo tem nove quilômetros de extensão, passando por diversas praias como por exemplo a Praia Vermelha, Praia da Ponta Grande e finalizando em Porto Belo, na Praia do Canguá. Durante o percurso é possível fazer paradas para aproveitar a cachoeira da Praia Triste e a lagoa da Praia da Lagoa.

Os dois locais são belíssimos e rendem excelentes fotos, além, é claro, de você poder se refrescar com um bom banho antes de continuar a trilha. Para quem gosta de uma boa aventura, este passeio é o ideal, já que ele possui um pouco mais de “dificuldade” em sua caminhada, com um caminho acidentado e relativamente longo. No entanto, existem muitas belezas naturais para curtir no caminho, o que faz com que você nem veja o tempo passar.

Trilha da Reserva Particular do Patrimônio Natural no Morro de Zimbros

Esta trilha fica dentro da unidade de conservação. A área protegida possui cerca de 50 hectares de Mata Atlântica e fica localizada entre os municípios de Bombinhas e Porto Belo. Além de poder aproveitar o percurso, também é possível conhecer centro de visitantes, lago, orquidário, trilha e o mirante, todos localizados na Reserva.

O percurso tem cerca de 1,5km, com grande diversidade de orquídeas nativas, a vegetação exuberante da Mata Atlântica e a vista do Mirante como principais atrativos. Como este espaço fica em uma área privada, sua visitação é controlada e necessita de agendamento prévio, algo que de forma alguma estraga a experiência dos visitantes.

Trilha da Praia da Tainha

Esta trilha tem uma grande recompensa para quem completar o percurso: a praia da Tainha. Esta praia é uma das mais belas e isoladas de Santa Catarina, um lugar perfeito para curtir um mar cristalino e as belezas naturais que só o estado pode proporcionar. Ela é relativamente curto para quem quiser fazer o trecho completamente a pé, com aproximadamente 2300 metros de ida.

Seu início fica ao lado do píer em Canto Grande e é possível retornar de carro pela estrada ou caminhar de volta pela trilha. Mesmo que curto, existem algumas dificuldades na trilha, como trechos íngremes sobre rochas e boa parte do percurso feito no interior da mata. Durante o passeio é possível apreciar os pontos com vistas panorâmicas do mar, a vegetação nativa e a Praia da Tainha

Parque Municipal da Galheta

Uma trilha curta, com pouco mais de 1km. Ela parte do costão esquerdo da Praia de Bombas até o parque, mas existem diversos caminhos que podem ser seguidos. Assim, você pode fazer as trilhas à beira-mar, ou margeando costões e percorrer o trajeto entre a Praia de Quatro Ilhas e a Praia do Mariscal ou entre a Praia da Conceição e a Praia da Tainha.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *